quinta-feira, 8 de julho de 2010

Sombra e Luz

Robert Mapplethorpe - estatuária - perna



A perna de bronze queria andar, mas estava presa à pedra de sustentação. Sabia ter sido criada para o movimento e ao ver a sombra que projetava nas paredes, percebeu que se movia ao passo da luz. No espaço à volta, com o movimento desejado, tornava-se leve e até maior que sua matéria inerte. Era da sombra que precisava para ter luz!


escrito em 04-07-2010

2 comentários:

dudv disse...

Lindo!

Angela disse...

Um jogo de opostos complementares, ensinamentos da sabedoria taoísta!
Fico contente que gostou.