sexta-feira, 19 de março de 2010

'Em casa'

O Desejejum do Cego (1903).Pablo Picasso


A cidade andava suja e violenta. Chovia muito e o bairro ficou sem luz. No restaurante às escuras, gritos, tumulto e tropeções. Quieto num canto, um homem continuava a jantar serenamente, alheio a tudo. Quando lanternas e velas foram acesas, encostada a um canto, a bengala branca pôde ser vista.

escrito em 15-03-2010

2 comentários:

dudv disse...

Lindo conto!!!

Angela disse...

Agradeço Dudv! Um abraço amigo.