sábado, 13 de junho de 2009

Mútua atração

imagem encontrada na web



Meditabundo, olhei o solitário morango no prato e pensei: - O prazer que tenho com esta fruta poderia ser correspondido? Ela teria satisfação em tornar-se parte de mim? No exato momento em que o toquei com meus dedos, o morango saltou do prato e deduzi que me respondia negativamente. Dia seguinte, soube que morangos são extremamente tímidos e que costumam brigar entre si para estar em meu prato, e serem delicadamente entranhados em mim. Assim me disse uma laranja, e não tenho porque duvidar.

escrito em 12--06-2009

6 comentários:

dudv disse...

Achei instigante o texto.

Angela disse...

dudv
Sim, embora fosse uma brincadeira meio surreal, depois percebi que poderia ter um duplo sentido! Bem, valeu pelo dia dos namorados ou namoradas!

Ana M disse...

adorei isso. me lembrei de um dia em que me envolvi tão completamente com um sorvete, enquanto sentada num banco de praça (isso lá nas terras da rainha), que os súditos de lá me olhavam desconcertados ao passarem por mim. e na semana passada, durante um banho, eu pensei da água quente que caía: ela poderia ser minha namorada, eu quero namorar essa água! e sabe o que aconteceu? demorei tanto no banho que o chuveiro queimou. de verdade. tive que trocar o aparelho no dia seguinte.

bisoucas

Angela disse...

Ana M
Querida, adorei seu caso com sorvete inglês! vai juntar frio assim lá no Céu!
Já tesão embaixo d'água é tal qual eletricidade, dá curto circuito! Prazer em te ver por aqui. saudades. Pois venha namorar uns morangos aqui!

Priscila disse...

Perfeito, perfeito, perfeito, perfeito! Você tem uma fã de carteirinha.
=*

Angela disse...

Obrigada Priscila!