sábado, 16 de maio de 2009

Timidez - Minguante - O FIM

AnnularEclipse



Minguante, quase nova, ela sabia lidar melhor com os finais do que com os começos. Sempre que era sua época de cheia, se desejava eclipse. Escondida atrás da mãe esperava o momento passar e minguava feliz!


Escrito em 22-03-2009
publicado em Minguante edição 14 - maio 2009

6 comentários:

dudv disse...

Adorei! Seu conto é sublime.

Angela disse...

Obrigada Dudv Você não ficou triste pela revista ter terminado?
Acho que neste conto eu já intuia o que ia acontecer mas não me dei conta!

Anônimo disse...

Querida Ursa,

Enviei mail no final do mês passado.
Recebeu?

Muitas beijocas.

Melga.

Beto Guimarães disse...

Eu já queria ter comentado esse lá na minguante. Está ótimo. Abraço
Obs: É uma pena a Minguante ter dado um tempo. Espero que eles voltem. Penso que o pé frio sou eu, pois foi a primeira vez que mandei uns minis para eles.

Angela disse...

Melguinha Recebi seu e-mail sim. A razão pela quel não respondi ainda, é exatamente querer responder com calma e muito carinho. Cada dia é uma coisa que acontece e... deixo pra depois para não fazer de quamquer jeito! Vou responder logo e depois respondo de novo, e de novo e de novo até ficar tudinho sim?

Angela disse...

Beto Mesmo as auto referências negativas podem ser muito vaidosas, não acha?
Os criadores da minguante deviam estar atolados, são jovens, trabalham, tem família e ainda se davam ao luxo de brincar de Lua dos minicontos! Acho que já vinham amadurecendo a idéia desde que espaçaram as publicações etc...Fiquei muito triste, para meu espanto. Como tenho tendência a fazer vínculos afetivos com tudo, céus!
Bem, espero que voltem em outro formato, quem sabe?
Obrigada pelos comentários, mesmo trocados, são muito simpáticos! um grande abraço.