quarta-feira, 27 de maio de 2009

Proteção

Egon Schiele - Death and Girl




A cidade estava cada dia mais violenta. Como trabalhava à noite e custava a chegar em casa, inventou uma roupa protetora. Em um grande saco, colou papéis, jornais, latas e plásticos de vários tipos. Levava consigo a camuflagem e ao menor sinal de perigo, metia-se dentro dela e ficava quieta em algum canto das ruas. Saiu ilesa de muitas situações perigosas, mas um dia acordou presa entre dejetos. O caminhão de lixo a recolhera.

escrito em 24-05-2009

2 comentários:

dudv disse...

Achei muito interessante.

Angela disse...

Dudv Quem sabe, em futuro breve, uma boa camuflagem?