domingo, 5 de abril de 2009

Infernos

Dante and Virgil In Hell (1850) William-Adolphe Bouguereau (1825-1905)

Enquanto pintava cenas da Divina Comédia, o jovem artista pensava em sua vida pessoal e se imaginava no lugar dos velhos sábios. Será que o amor platônico de Dante por Beatriz e a dedicação obsessiva de Virgilio à literatura e à pátria, teriam realizado suas vidas? E, na cena carnal no Inferno acabou por retratar, nas expressões de ambos, o interesse que sentia pelo homem que se deixa dominar pelas paixões que desejaria viver.
escrito em 05-04-2009

2 comentários:

dudv disse...

Adorei. Uma reflexão maravilhosa.

Angela disse...

Obrigada Dudv
Recebeu minha mensagem?