quinta-feira, 16 de abril de 2009

A Colcha de estrelas

starquilt - Jeanie Tomanek



Encarregadas da noite, elas se atrasaram com o bordado. Conversando distraídas, quando perceberam a tarde já ia longe. Em breve o Sol viajaria e não havia estrelas suficientes para iluminar os campos. Decidiram deixar o céu sem coberta e, inconseqüentes, inventaram o medo. Os homens passariam pela noite escura da alma, não fosse a Lua, caridosa, surgir brilhante e plena a guiar os seus caminhos.

Escrito em 15-04-2009

2 comentários:

dudv disse...

A lua sempre generosa.

Angela disse...

dudv quase sempre, mas nem sempre! obrigada, sempre.