segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

labirinto complexo e repetidas prisões

maze - pintura de james jean


Desde menina e até hoje, anciã, observa com um pouco de desejo e muita incompreensão a vida simples e direta dos meninos, depois homens, hoje anciãos, presos em círculos vazios.
Entre dúvidas, incoerências e desassossegos lembra dos percalços e labirintos que fizeram de sua complicada existencia feminina uma vida merecida de tornar-se história.

escrito em 8-02-2009

7 comentários:

dudv disse...

Gostei. Parabéns!!

Angela disse...

Dudv
esta imagem é muito boa - o cículo de brinquedo do menino e o labirinto da garota!
este pintor japonês faz coisas incríveis- busca o site dele pelo google- acho que vai gostar.

PALAVRAS&POESIAS disse...

Lindo Angela. Disse o que gostaria de ter dito.
Beijo meu.
Ana Mello.

Angela disse...

Querida Ana
Obrigada! bom te ver por aqui.
Difícil mas bom ser mulher, não é? bj.

Stefano Valente disse...

Querida Angela,

não nos escrevemos há muito tempo!

Que bom esse microconto... gostei do olhar terno, tranquilo, da mulher que revê si mesma atravês do caminho-roda dos anos...

Angela disse...

Stefano!
Tantas vezes fui visitar sua 'Girafa' e não quis te incomodar!
Estava esperando o dia para te contar que minha irmã me trouxe de Lisboa o seu romance! Ainda não o li, mas logo estarei viajando no 'Espelho de Orfeu'!
Obrigada por se antecipar a mim! um beijo carinhoso.

Stefano Valente disse...

Leio só hoje sua resposta: que honra que você me ler!

E muito muito obrigado por suas palavras cheia de carinho, Angela — espero merecê-las!

Um abraço e muitos beijinhos