sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Céu e Terra



Abrigava-se nos vãos do aeroporto e mendigava, mas cuidava da aparência. Diariamente, percorria os salões levando um carrinho com suas bagagens imaginárias.
No ir e vir dos vôos ia a todos os lugares do mundo. Ajudando turistas, aprendeu idiomas. Não mais voou. Um emprego lhe partiu as asas!

Escrito em 2001

4 comentários:

dragline excavator disse...

im your favorite reader here!

Angela disse...

Dragline excavator
Uau! Thank you very much, but tell me, you read portuguese?
I'm not a 'constructor people'!

dudv disse...

Achei sensacional!!!

Angela disse...

É a sua cara não é Dudu?
No melhor sentido, é claro!