quinta-feira, 1 de maio de 2008

A Avó

Velha senhora a ler-Rembrandt




Caminhava com dificuldade, oprimida pela umidade do ar. O dia estava tenso e o céu cinzento parecia imprensá-la sobre a Terra. Andou entre as folhas do livro onde os ratinhos contavam sua história, ali estava fresco e o ar corria suave. Em breve, a última página seria fechada, mas ela permaneceria leve, para sempre, na memória do menino.


Escrito em 22 de abril de 2008
Para o Henrique.

4 comentários:

dudv disse...

Lindo.

Angela disse...

Obrigada Eduardo!

ma disse...

Lindo!
Se um tiver netos, gostava de ser lembrada assim.

Obrigado Angela

Beijinhos

Angela disse...

MA
Pelo pouco que te conheço, acho que seus netos vão adorar a avó que serás!