sábado, 10 de novembro de 2007

Ingratidão

Jovino C Batista - uma vida de simpatia


Sob a ampla marquise do prédio antigo, eles se abrigaram.
As moradoras idosas, comovidas e ingênuas, começaram a levar-lhes abrigo e alimento.
Em pouco tempo, até o telefone público da calçada em frente os servia pessoalmente. Uma noite, vários apartamentos foram assaltados e, a mais velhinha das bondosas foi encontrada morta sobre seu colchão, sem ao menos um lençol a cobrir-lhe o corpo frio.



escrito em 1º/11/2007

2 comentários:

eduardo disse...

Forte. sem mais palavras.

Angela disse...

Sabe Eduardo
eu fantasiei a história mas esta turma é real e "mora" aqui, no Flamengo, perto de onde resido. Um dia pode acontecer algo semelhante , me disseram no prédio!