sábado, 29 de setembro de 2007

Magia


Não havia nada que a encantasse mais do que os livros.
As amigas desistiam de chamá-la para qualquer diversão.
Não percebiam que, nos livros, além das histórias ela podia ver imagens coloridas e em movimento, ouvia música, sentia odores e, na estante, cada um deles era classificado pelos sabores com que satisfaziam o apetite de seu espírito!


escrito em 27 de setembro de 2007

6 comentários:

eduardo disse...

Paixão pela literatura é tudo.

Ana M disse...

olha me ato falho: "não havia nada que a encantasse mais do que as amigas"; foi assim que eu li pela primeira vez...

wilson gorj disse...

Ângela,

Alguém precisa ensinar a esta menina que um fruto no pé é bem mais saboroso que numa página.

Quanto a mim, adoro ler. Mas, quando a vida me reclama, a literatura que me desculpe, mas lá vou eu me entregar à outra.

Abraços,
Wilson.

Angela disse...

Voltei depois de uma semana sem internet!

Oi Dudu!
Qualquer e toda paixão é tudo!

ana m
Eu, como já me meti a ser amiga, adorei este ato tão afetuoso!

Wilson
Não sei não! Talvez o fruto no pé nem seja tão maravilhoso assim... e, a palavra "espírito" parece que passou longe de seus olhinhos não?
Ah! juventude!!!

125_azul disse...

Tive meus tempos disso...

Angela disse...

Querida amiga 125_azul
Quem sabe nos tempos da calmaria dos anos, voltem estes tempos... junto com os netinhos...
Já se imaginou avó? Vai demorar mas será tão lindo!